Não perca essa oportunidade! Preencha e receba agora mesmo os preços e detalhes:
Eu li e concordo com os Termos de Uso e a Política de Privacidade

Ligue grátis de qualquer telefone ou celular:

0800 608 2130 11 9-9734-6584

O que você precisa saber sobre o exame de mapeamento de retina

Entenda como é feito e em quais casos o exame de mapeamento de retina é indicado.

O exame de mapeamento de retina é um dos procedimentos mais comuns solicitados pelos oftalmologistas. Por meio deste exame, o médico consegue enxergar com riqueza de detalhes todas as estruturas encontradas no fundo de olho, identificando, assim, vários tipos de anormalidades.

Pacientes com descolamento de retina, doença de mácula, tumores e até mesmo pacientes hipertensos ou diabéticos, podem ser identificados por meio do mapeamento de retina. Trata-se de um exame de grande importância.

Entenda como é feito o mapeamento de retina, quais são os preparos para o exame e onde ele pode ser feito.

O que é o mapeamento de retina

O mapeamento de retina é um exame oftalmológico prático e indolor, onde o médico faz uso de um instrumento chamado oftalmoscópio indireto binocular e uma lente convergente de grande aumento. Esses instrumentos têm a função de ampliar a visibilidade do médico e permiti-lo enxergar com detalhes todas as estruturas do fundo de olho.

Por meio do exame de mapeamento de retina, é possível enxergar com clareza a retina, a mácula, o nervo óptico e o vítreo, além de diversos outros componentes do sistema interno ocular. O exame permite a identificação de diversos problemas oftalmológicos e, ainda, doenças como hipertensão arterial e diabetes.

Como é feito o exame de mapeamento de retina

Antes da realização do exame o paciente deverá ter a sua pupila dilatada. Após isso, o médico posicionará a lente de grande aumento entre o olho que será avaliado e o oftalmoscópio. Em seguida, será emitida uma luz por entre a lente do equipamento e a pupila, permitindo que o médico possa enxergar tudo o que há no sistema interno ocular do paciente.

Quais são os cuidados necessários para fazer o exame de mapeamento de retina

O mapeamento de retina é um exame de baixa complexidade, por isso, não exige nenhum preparo do paciente. A única recomendação é que, no dia da realização do exame, o paciente vá acompanhado de um adulto. Isso porque ele passará pela dilatação de pupila, que é um procedimento que pode gerar alterações ou embaçar a visão por cerca de 4 a 6 horas.

Para quem o mapeamento de retina é indicado?

O exame de mapeamento de retina é fundamental em casos de: pacientes com diabetes, hipertensão, alterações na retina, suspeita de retinopatia, descolamento de retina, doença de mácula, diminuição da visão e doenças sistêmicas.

Com que frequência deve ser realizado o exame de mapeamento de retina?

A frequência de realização do exame de mapeamento de retina vai depender de diversos fatores, entre eles o estado de saúde e a idade do paciente. Mas é importante lembrar que essa recomendação precisa partir de um oftalmologista, por isso, para ter certeza da frequência ideal é importante estar sendo acompanhado por um médico.

Lembre-se: a prevenção é o melhor remédio, por isso, faça consultas com o oftalmologista pelo menos uma vez ao ano.

Onde fazer o exame de mapeamento de retina

A Central da Visão possui clínicas afiliadas em diversas cidades do Brasil que realizam o exame de mapeamento de retina. Além disso, a Central da Visão negociou com suas clínicas afiliadas preços mais acessíveis para o mapeamento de retina. Para receber os preços clique aqui ou ligue 0800-608-2130.

Importante!

Esse texto busca sensibilizar os pacientes a buscarem tratamento oftalmológico. Só o médico oftalmologista é capaz de diagnosticar e indicar os tratamentos e/ou cirurgias mais indicadas. Texto revisado pela Dra.Bárbara Nazareth Parize Clemente, CRM SP: 169506, Título Especialista (RQE): 74181. Médica oftalmologista graduada pela Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde / PUC-SP, residência médica no Hospital de Olhos Aparecida, subespecialização pelo Instituto da Visão IPEPO.

Caso seja necessária alguma retificação desse conteúdo, por favor, ligue grátis para 0800-608-2130.

Clique e ligue grátis de qualquer celular: Ligue grátis: 0800 608 2130