Não perca essa oportunidade! Preencha e receba agora mesmo os preços e detalhes:
Eu li e concordo com os Termos de Uso e a Política de Privacidade

Ligue grátis de qualquer telefone ou celular:

0800 608 2130 11 9-9734-6584

Descolamento de retina tem cura?

Entenda como ocorre o descolamento da retina e descubra se a doença tem cura.

O descolamento de retina consiste na separação das camadas da membrana que recobre o globo ocular internamente, responsável por receber a luminosidade externa e enviá-la ao cérebro, formando a visão. Trata-se de uma situação emergencial, em que o paciente deve procurar atendimento médico imediato, pois, caso contrário, poderá perder a visão de maneira irreversível.

O principal fator de risco para o descolamento de retina costuma ser a idade avançada, com casos mais comuns em pacientes que passaram dos 60 anos. Além disso, fatores como miopia extrema, histórico familiar ou cirurgia oftalmológica anterior, também podem contribuir para a doença.

Entenda o que é o descolamento de retina e saiba se essa doença tem cura.

O que é o descolamento de retina

A retina é uma membrana composta por tecido nervoso que recobre o globo ocular e é responsável pela entrada de luz, enviando-a ao cérebro para formar a visão.

Quando há alguma fissura na retina, seja por ruptura, tração ou acúmulo de líquido sob a membrana, o paciente tem sintomas como a visão embaçada, flashes de luz e as chamadas “moscas volantes” que consistem na sensação de insetos voando diante dos olhos. Em casos mais extremos, o paciente poderá sentir um efeito de sombra recobrindo parte do campo de visão central, ou até mesmo a perda súbita parcial ou total da capacidade de enxergar.

Descolamento de retina tem cura?

O descolamento de retina é uma situação emergencial, e a busca do paciente por atendimento médico é que vai definir se a doença tem cura ou não. Isso porque, caso demore a procurar por atendimento, o paciente pode perder a visão de maneira irreversível. Mas não se assuste! O descolamento da retina tem tratamentos e pode ser revertido.

A depender do tipo, gravidade e extensão do descolamento da retina, a intervenção cirúrgica é comum e costuma ser um procedimento sem grandes riscos e completamente indolor ao paciente. Conheça os principais tipos de cirurgia:

Criopexia

Trata-se de um procedimento onde o cirurgião aplica uma espécie de sonda, que congela a área onde teve a ruptura da retina. Esse congelamento causará uma cicatriz no entorno da área congelada, que ajudará a proteger a retina.

Além da criopexia, um outro procedimento que causa cicatrizes na retina para impedir a passagem do vítreo pela membrana é chamado de fotocoagulação com laser.

Retinopexia

O procedimento consiste na aplicação de uma faixa ou esponja de silicone ao redor do olho para exercer pressão sobre a esclera (parte branca do olho). Isso facilitará o apoio da retina, aumentando sua aderência ao globo ocular.

Retinopexia pneumática

Na retinopexia pneumática, o cirurgião fará a injeção de gás na cavidade da retina ocupada pelo vítreo. A função do gás injetado é de bloquear o buraco formado na retina para evitar a passagem do vítreo. Assim, sem a pressão exercida pelo vítreo fora do seu lugar de origem, a retina volta ao seu lugar.

Vitrectomia

O procedimento cirúrgico chamado vitrectomia também pode ser alternativa para tratamento de outras doenças oculares. No caso do descolamento de retina, o cirurgião fará microincisões e trocará o vítreo (gel que fica dentro do olho) por algum outro produto, como silicone gel ou ar, de modo a corrigir os defeitos que causaram o descolamento da retina.

Descolamento de retina: os riscos de não tratar

O descolamento de retina é um problema que exige tratamento médico imediato. Por isso, assim que notar qualquer um dos sintomas, o paciente deve procurar imediatamente um oftalmologista. O paciente que demora na busca por tratamento do descolamento de retina pode perder sua visão de maneira irreversível.

Onde fazer o tratamento de descolamento de retina?

A Central da Visão possui clínicas afiliadas em diversas cidades do Brasil com oftalmologistas especialistas em retina. Além disso, a Central da Visão negociou com suas clínicas afiliadas preços mais acessíveis para o tratamento de descolamento de retina. Para receber os preços clique aqui ou ligue 0800-608-2130.

Importante!

Esse texto busca sensibilizar os pacientes a buscarem tratamento oftalmológico. Só o médico oftalmologista é capaz de diagnosticar e indicar os tratamentos e/ou cirurgias mais indicadas. Texto revisado pela Dra.Bárbara Nazareth Parize Clemente, CRM SP: 169506, Título Especialista (RQE): 74181. Médica oftalmologista graduada pela Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde / PUC-SP, residência médica no Hospital de Olhos Aparecida, subespecialização pelo Instituto da Visão IPEPO.

Caso seja necessária alguma retificação desse conteúdo, por favor, ligue grátis para 0800-608-2130.

Clique e ligue grátis de qualquer celular: Ligue grátis: 0800 608 2130